Links teis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Comunicados

02 de Agosto

Mpalabanda

COMUNICADO

MPALABANDA - Associao Cvica de Cabinda

Comunicado de Imprensa

O Governo Angolano e o Sr. Antnio Bento Bembe, ex-Presidente do Frum Cabinds para o Dilogo (FCD), assinaram ontem, 01 de Agosto de 2006, um Memorando de Entendimento que visa pr fim ao conflito que, desde 1974, ope os Cabindeses ao Governo de Angola.

Considerando que a negociao e a assinatura desse documento no foram feitas dentro do respeito dos princpios da transparncia, pois o Sr. Bento Bembe j no era o Presidente do FCD e estava claramente a jogar o duplo papel de negociador para Cabinda ao mesmo tempo que seguia estritamente as instrues dadas pelo Governo Angolano, como forma de pagamento da ajuda dada pelo Governo Angolano na sua libertao;

Considerando que os sectores mais importantes deste processo, pela parte Cabindesa (FLEC, Mpalabanda, e Igreja de Cabinda), foram deliberadamente postos fora do mesmo pelo Governo Angolano e Bento Bembe;

Considerando que so esses trs sectores Cabindeses acima indicados que constituram o FCD em Helvoirt, Holanda, em 2004, e que destituram o Sr. Bento Bembe da presidncia do FCD, na reunio de Libreville, realizada de 10 a 12 de Junho de 2006, retirando-lhe assim qualquer legitimidade;

A Mpalabanda, em nome da Sociedade Civil Cabindesa, leva ao conhecimento da opinio pblica interna e internacional ter tomado as seguintes posies:

1. No reconhecer o Memorando de Entendimento assinado no dia 1 de Agosto de 2006, no Namibe, Repblica de Angola, pelo Governo Angolano e o Sr. Antnio Bento Bembe.

2. Denunciar publicamente a falta de vontade poltica demonstrada pelo Governo Angolano em resolver honestamente o problema de Cabinda, e o prosseguimento, por este mesmo Governo, da poltica da terra queimada, da ameaa, da intimidao e da corrupo para alcanar os seus objectivos de subjugao do Povo de Cabinda.

Permanecemos, contudo, abertos ao dilogo e s negociaes com o Governo de Angola com vista a chegar a uma soluo poltica equilibrada, justa e equitativa do conflito que ope o Povo Cabinds ao Governo Angolano desde 1974.

Comunidade Internacional, a Mpalabanda, em nome do Povo sofredor de Cabinda, pede que no caucionem o acordo que acaba de ser assinado, mas que aconselhem antes o Governo Angolano a iniciar um dilogo sincero, honesto e inclusivo, susceptvel de conduzir Cabinda a uma soluo poltica consensual deste conflito que dura desde h j 32 anos.

Ao Governo Angolano, a Mpalabanda pede que reconsidere a sua posio e se sente em torno da mesma mesa com aqueles representam efectivamente a vontade popular, nica forma de se chegar a um fim definitivo do conflito que o ope ao Povo de Cabinda.

Feito em Cabinda, aos 2 de Agosto de 2006.

A Mpalabanda

(c) PNN Portuguese News Network

2006-08-02 16:17:04

MAIS ARTIGOS...
  Associação Tratado de Simulambuco
  FLEC - Assina: Nzita Henriques Tiago
  FLEC - Assina: António Luís Lopes
  FCD - Assina: André Kuango
  FLEC - Assina: Martinho Lubango
  FLEC - Assina: Henriques Tiago Nzita
  FLEC - Assina: Isaïas Abdengo Mabiala e Antoine Nzita Mbemba
  Associação Tratado de Simulambuco
  FLEC - Assina: Joel Batila
  COMUNICADO / NECROLOGIA
  Assina: Raul Danda
  Conferência de Agostinho Chicaia

Comentrios

Nome:

E-mail:

Comentrio:


PROVRBIOS
"Kupdi tmuka ko: Nti ava kamnina."
(Ningum pode arrancar: A rvore (adulta) que j tem razes.)
Outros
Relatrio da Mpalabanda 2005 (pdf)

Relatrio da Mpalabanda 2004 (pdf)

Entrevista de Dom Duarte ao IBINDA.COM
Cartoon
Hospedagem de Sites Low Cost Jornal Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor Leste Cabo VerdeMaputo Digital
Not�cias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais