Links teis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Poltica

Macabra aco das Foras Armadas Angolanas

Dois guerrilheiros decapitados no dia de Natal por militares angolanos

Cabinda Trs guerrilheiros cabindas foram executados, dos quais dois foram decapitados, por militares angolanos a 25 de Dezembro na aldeia fronteiria de Mbabote a cerca de 35 km de Tshela, regio de Baixo Congo na Repblica Democrtica do Congo (RDC).

Elementos das Foras Armadas Angolanas (FAA), apoiados por um guia congols, Tidjo, penetraram na regio do Baixo Congo (RDC) e capturaram junto aldeia de Mbabote trs oficiais da resistncia cabindesa (FLEC), confirmaram fontes da guerrilha cabindesa

Executados no local pelas FAA, dois guerrilheiros, Jos Antnio Monzo alis Programa, chefe da Guarda presidencial da resistncia e Gimbi conhecido por Devotado, encarregado da segurana nas foras armadas da FLEC, foram decapitados e os seus corpos queimados juntamente com a terceira vitima Venncio Dembe alis Com a razo do Povo. Os trs elementos da FLEC estavam no Baixo Congo em tratamentos hospitalares.

No incio de Dezembro dois oficiais da FLEC, Carlos Tom conhecido por Estrela e Jorge Diogo, alis Osso Quebrado, foram detidos no hospital de Kizu, a 7 km de Tshela, e transferidos para Kinshasa onde foram extraditados para o centro de penitencirio de Yabi em Cabinda.

Guerrilheiros da FLEC confirmam que as FAA tm operado com grande intensidade nas antigas zonas libertadas, outrora controladas pela resistncia, junto fronteira com a RDC, especialmente nas aldeias fronteirias Tchikuangou, Tchinbanza, Caio Panzo e Tchimbilo ao longo do rio Chiloango onde esto localizados postos fronteirios.

As mesmas fontes adiantam que os guerrilheiros Joo Dumbi, Armando Muabi, Paulino Dianga e Csar Deneri, capturados pelas FAA, aps torturas foram forados a servir como guias nas operaes que esto a decorrer nas povoaes Konde-di-Kango na RDC e garantem que as FAA continuam a operar discretamente na regio do Baixo Congo. Enquanto oficiais angolanos e membros da segurana circulam frequentemente na cidade de Tshela, testemunhas oculares afirmam que em Moanda a base militar de Kitona continua controlada pelas FAA.

A 20 de Novembro o vice-governador de Cabinda para a rea empresarial, Macrio Lembe, membro da equipa de Bento Bembe, deslocou-se a Tshela onde ter contactado populaes congolesas das aldeias fronteirias com Cabinda, s quais ofereceu panos, comida e dinheiro em troca da colaborao local na denncia sobre as movimentaes de presumveis guerrilheiros da FLEC na regio, denunciam as mesmas fontes.

Durante o ms de Dezembro o vice-governador para a rea empresarial deslocou-se a Kinshasa, capital da RDC, com o intuito de estabelecer contactos informais com cabindeses simpatizantes da resistncia e os convencer a regressarem voluntariamente a Cabinda. Fontes em Kinshasa afirmam que Macrio Lembe tentou tambm, sem sucesso, estabelecer um contacto directo com Alexandre Tati, vice presidente da FLEC que se encontra numa das bases da guerrilha no interior de Cabinda.

Face renitncia da maior parte da populao cabindesa refugiada na RDC de regressar a Cabinda, a equipa de Bento Bembe, ministro sem pasta do Governo de Angola, decidiu abrir escritrios paralelos Embaixada de Angola em Kinshasa onde todos os cabindas que pretendam regressar possam a se apresentarem sem passarem pelas instalaes da Embaixada angolana. Pretendem assim contornar a averso e medo que muitos cabindas nutrem pela representao diplomtica a qual acusam de perpetrar repatriamentos forados para Angola e perseguir os nacionalistas cabindeses em Kinshasa. Acusaes desmentidas pela Embaixada angolana na capital congolesa.

A PNN pde constatar que uma faco da comunidade cabindesa de Kinshasa, favorvel s posies de Antnio Bento Bembe, manifestou-se favorvel ao seu repatriamento para Cabinda.

Rui Neumann

(c) PNN Portuguese News Network

2008-12-26 14:27:17

MAIS ARTIGOS...
  Morreu Nzita Tiago, líder histórico da resistência cabindesa
  Guerrilha em Cabinda anuncia novos ataques no enclave
  Guerrilha cabindesa anuncia retoma da via militar
  Guerrilha cabindesa ataca em Buco Zau
  Emboscada da guerrilha causa a morte de três soldados angolanos
  FLEC pede a Marcelo Rebelo de Sousa para terminar o processo de descolonização portuguesa
  Cabinda: FLEC/FAC exige a libertação de Marcos Mavungo
  Cabinda: Raul Tati e Francisco Luemba libertados
  França: Dois juízes antiterroristas querem a detenção de Rodrigues Mingas
  Cabinda: José Eduardo dos Santos demite e readmite Macário Romão Lembe
  Suíça: Manifestação cabindesa em Berna
  Cabinda: Ataque da resistência amplifica divisões na FLEC

Comentrios

Nome:

E-mail:

Comentrio:


PROVRBIOS
"Kupdi tmuka ko: Nti ava kamnina."
(Ningum pode arrancar: A rvore (adulta) que j tem razes.)
Outros
Relatrio da Mpalabanda 2005 (pdf)

Relatrio da Mpalabanda 2004 (pdf)

Entrevista de Dom Duarte ao IBINDA.COM
Cartoon
Hospedagem de Sites Low Cost Jornal Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor Leste Cabo VerdeMaputo Digital
Not�cias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais