Links teis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Sociedade

Institudo em 1972

Celebra-se esta segunda-feira o Dia de frica

Lisboa Celebra-se esta segunda-feira o Dia de frica, data que relembra um encontro, em 1963, de 32 chefes de estado africanos se reuniram para discutir a questo do colonialismo e onde se decidiu criar a Organizao da Unio Africana.

De acordo com o ex-secretrio-geral das Naes Unidas, Kofi Annan o Dia de frica constitui a ocasio de medir os progressos realizados na frica, avaliar as suas dificuldades e reflectir sobre as enormes potencialidades do continente.

Foi h 46 anos, no dia 25 de Maio, que os lderes presentes no encontro que teve lugar em Adis Abeba, na Etipia, decidiram criar a Organizao da Unio Africana, conhecida actualmente por Unio Africana. Em 1972, as Naes Unidas resolveram instituir a data, como Dia da Libertao de frica.

Um grupo de embaixadores e Altos-comissrios Africanos, em Moambique, numa nota sobre o 46 aniversrio do continente, consideraram o dia uma ocasio para se avaliarem os progressos realizados em frica, e as dificuldades ainda existentes. J o vice-ministro da cultura angolana, Cornlio Caley, realou a necessidade de haver um estudo mais aprofundado da realidade africana que possa contribuir para um futuro cada vez melhor.

O dia celebrado em frica, atravs de diversas aces. O ministrio da cultura angolana promove, por esta ocasio, um ciclo de conferncias com grandes nomes acadmicos africanos. Em Portugal, a data tambm no esquecida. Na Universidade da Beira Interior, os estudantes africanos organizaram vrias actividades, tais como a noite Interactivo-Cultural, uma exposio e conferncias, sobre o continente.

(c) PNN Portuguese News Network

2009-05-25 18:03:52

MAIS ARTIGOS...
  Cabinda: Morreu Joseph Boundji
  Cabinda: Agravamento do estado de saúde do padre Raul Tati
  Cabinda: Cuanga Sito e Mambuco Sumbo condenados
  Aumento do índice de fome na Guiné-Bissau, em Moçambique e em Angola
  Cabinda: Paca Peso absolvido no caso do ataque contra a equipa do Togo
  Gripe A: Fim da pandemia
  Cabinda: Human Rights Watch pede anulação de sentenças
  Cabinda: A justiça face às suas contradições
  Cabinda: Proibida marcha pelos direitos humanos
  Situação em Cabinda em relação aos defensores dos Direitos Humanos
  Naomi Campbel agride motorista e foge
  Gripe: OMS recomenda vacina contra três tipos de vírus incluindo o H1N1

Comentrios

Nome:

E-mail:

Comentrio:


PROVRBIOS
"Kupdi tmuka ko: Nti ava kamnina."
(Ningum pode arrancar: A rvore (adulta) que j tem razes.)
Outros
Relatrio da Mpalabanda 2005 (pdf)

Relatrio da Mpalabanda 2004 (pdf)

Entrevista de Dom Duarte ao IBINDA.COM
Cartoon
Hospedagem de Sites Low Cost Jornal Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor Leste Cabo VerdeMaputo Digital
Not�cias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais