Links teis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Angola

Angola ltimo dos pases de expresso portuguesa melhor governados

Relatrio mostra debilidades angolanas nos direitos polticos

Relatrio da Fundao Mo Ibrahim posiciona Angola como 43. pas no ndice de Governao dos pases que integram o continente africano, atrs da Guin-Bissau classificada no 41. lugar.

O quadro de defesa dos direitos polticos e estabilidade legal penalizou a posio de Angola, embora o mesmo relatrio sublinhe o avano do pas nas reas da economia e e dos cuidados de sade.

Cabo Verde o pas africano de expresso portuguesa, melhor classificado, ocupando o quarto lugar do ndice. So Tom e Prncipe surge em 2010, ocupando a 11. posio, Moambique encontra-se posicionado no final dos primeiros vinte classificados, enquanto a Guin-Bissau e Angola ocupam, respectivamente, as posies 41. e 43. do ndice 2010.

Em termos gerais, as Ilhas Maurcias, Seychelles, Botsuana, Cabo Verde e frica do Sul constituem os pases mais bem colocados na classificao. Os ltimos lugares da lista so ocupados pela Eritreia, Zimbabu, Republica Democrtica do Congo, Chade e Somlia.

Divulgado simultaneamente nas cidades de Acra (Gana), no Cairo (Egipto), em Dakar (Senegal), em Joanesburgo (frica do Sul) e em Nairobi (Qunia) o Relatrio mede a distribuio de bens e servios pblicos nos 53 pases de frica. O relatrio avalia em cada pas o Desenvolvimento Humano, Participao e Direitos Humanos, Segurana e Estado de Direito e Oportunidades de Sustentabilidade Econmica. Estes quatro critrios, permitem a anlise de 88 indicadores de Governao, como a corrupo, o fornecimento de energia elctrica e agua potvel, a gesto pblica, a paridade de gnero, o respeito por direitos humanos ou o acesso educao.

De acordo com Salim Ahmed, do Conselho da fundao e ex-secretario geral da Organizao da Unidade Africana, as discrepncias entre a governao poltica e a gesto econmica so insustentveis a longo prazo. Em comunicado lido durante a apresentao do ndice, Ahmed afirmou Se frica quer continuar a progredir, precisamos de prestar ateno com urgncia aos direitos e segurana do nosso povo.

(c) PNN Portuguese News Network

2010-10-11 18:38:48

MAIS ARTIGOS...
  Angola: Zonas rurais com água até 2012
  Angola: FNLA considera 4 de Fevereiro dia de reflexão
  Angola: EUA financiam combate à malária
  Angola: Relações com a China analisadas em conferência
  Angola: Baía de Luanda renovada apresentada em 2012
  Angola: Missão da UNICEF debate combate à poliemielite
  Angola: Detidos suspeitos de falsificar documentos
  Angola: Primeira exportação de gás natural liquefeito em 2012
  Angola: Programa de fomento habitacional prevê novas áreas urbanas
  Angola: Bolsas de estudo cubanas aumentam este ano
  Angola: Primeira viagem do Expresso entre Luanda e Malanje demorou dez horas
  Angola e Namíbia reforçam relações de amizade e cooperação

Comentrios

Nome:

E-mail:

Comentrio:


Comentrios
  
Bill gate  2010-10-26 03:46:56
E um enorme prazer,que desejo o pessoal todo que esta trabalhando neste site.pedir-vos que no desistam de nos informarem sempre de tudo o que se passa na nossa terra de cabinda.pois porque a nossa luta e vitria ser na divulgao relacionada a nossa situao em Cabinda.pra que a comunidade internacional oua-nos.tem um ditado que diz:o beb que chora tem mais cuidado dos pais.valeu

PROVRBIOS
"Kupdi tmuka ko: Nti ava kamnina."
(Ningum pode arrancar: A rvore (adulta) que j tem razes.)
Outros
Relatrio da Mpalabanda 2005 (pdf)

Relatrio da Mpalabanda 2004 (pdf)

Entrevista de Dom Duarte ao IBINDA.COM
Cartoon
Hospedagem de Sites Low Cost Jornal Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor Leste Cabo VerdeMaputo Digital
Not�cias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais