Links teis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Poltica

Guerrilha reivindica 12 mortos nas FAA

Cabinda: Ataque da resistncia amplifica divises na FLEC

Lisboa Uma emboscada contra as Foras Armadas de Angola (FAA) a 08 de Novembro ter provocado a morte de 12 militares angolanos. Uma aco que pretende revitalizar a credibilidade da FLEC fiel a Nzita Tiago e assinalar o aniversrio do incio da Guerra Clssica em 1975.

O nosso objectivo no eram os trabalhadores que passaram por ns numa camioneta, mas sim a escolta das FAA que os acompanhavam, disse PNN o comandante Sabata que dirigiu a operao.

Segundo o mesmo militar o ataque ocorreu 07:45 horas de 08 de Novembro para assinalar os 35 anos do incio da Guerra Clssica em Cabinda. A operao durou entre trinta a quarenta minutos, o que muito tempo neste tipo de aco, mas, sublinha Sabata, no tivemos qualquer resistncia das FAA que dispersaram logo aps os primeiros disparos.

Sabata afirmou ainda que a emboscada aconteceu na estrada que liga Inhuca a Mboma Lubinda, na rea de Komba-Nseguele, e acrescenta que os guerrilheiros tiveram tempo para recolher todo o material militar abandonado pelas FAA assim como documentao diversa.

Contactado pela PNN, Pirilampo, Chefe de Estado Maior da FLEC, garantiu que durante a operao morreram 12 militares das FAA e lamentou a morte de um civil que conduzia uma viatura.

Somos fieis ao presidente Nzita Tiago e temos como chefe de Estado Maior o comandante Gabriel Nhemba Pirilampo. Cabinda continua em guerra! frisou Maurcio Sabata.

Estanislau Boma, chefe de Estado Maior da FLEC dissidente de Nzita Tiago, liderado por Alexandre Tati, difundiu um comunicado onde condena uma aco das FAA no mesmo dia na regio fronteiria de Chicuango que resultou na morte de trs guerrilheiros. No mesmo documento Boma denuncia a reocupao pelas FAA das fronteiras de Chibanza e Chicuango, anteriormente desmilitarizadas luz da trgua assinada.

Na quarta-feira, 10 de Novembro, um comando das FAA voltou a atacar guerrilheiros da FLEC chefiada por Tati na zona de Chicuango. No foram registadas vtimas mortais.

Pirilampo garantiu que as FAA atacaram as foras da FLEC fieis a Tati numa aco de retaliao operao da FLEC fiel a Nzita. A tenso entre as duas alas acentuou-se recentemente com acusaes mtuas de uma faco e outra pretenderem eliminar os chefes das duas guerrilhas, agora rivais.

Rui Neumann

(c) PNN Portuguese News Network

2010-11-11 17:04:15

MAIS ARTIGOS...
  Morreu Nzita Tiago, líder histórico da resistência cabindesa
  Guerrilha em Cabinda anuncia novos ataques no enclave
  Guerrilha cabindesa anuncia retoma da via militar
  Guerrilha cabindesa ataca em Buco Zau
  Emboscada da guerrilha causa a morte de três soldados angolanos
  FLEC pede a Marcelo Rebelo de Sousa para terminar o processo de descolonização portuguesa
  Cabinda: FLEC/FAC exige a libertação de Marcos Mavungo
  Cabinda: Raul Tati e Francisco Luemba libertados
  França: Dois juízes antiterroristas querem a detenção de Rodrigues Mingas
  Cabinda: José Eduardo dos Santos demite e readmite Macário Romão Lembe
  Suíça: Manifestação cabindesa em Berna
  Cabinda: FLEC reconhece que a sua luta está numa «situação catastrófica»

Comentrios

Nome:

E-mail:

Comentrio:


Comentrios
  
  2011-11-24 21:42:24
tudo tem o seu tempo determinado,est a demorar mas este dia vai chegar,o dia da verdade,o dia em que os gananciosos,os intrusos,os corruptos do...se vero obrigados a devolver liberdade aos cativos a quase 4 dcadas,podem crer este dia j est a chegar Deus sabe do choro e sofrimento deste povo abandonado pela comunidade internacional,pela unio africana que se esqueceu do 39,por que?queres como no Deus vo cumprir com a sua palavra"dar liberdade aos cativos"tudo tem o seu tempo determinado podes crer!!!povo de cabinda tem uma identidade prpria,sua cultura,por no nos impe o que no somos poque eu sou cabinda,penso e sempre como cabinda,basta fora daqui j estamos cansados de ti vai te embora malandro corrupto,sai em nome de Jesus!!!!!!!!!!!!!



'


august4948  2011-04-07 13:57:09
lamento eu como angolano como e que senhor jose Eduardo Dos Santos sabe que Cabinda nao e Angola porque que nao entrega a terra dos outros. malandros corrroptos .

francisco  2011-03-14 11:18:12
meus irmaos temos de ser unidos e nao entre nos sermos inimigos, se temos os inimigos nos os conhecemos muito bem unem se pra libertaao de cabinda e nao pra luta de poderes, esta e a hora e o ano de paz pra a populaao de cabinda, por favor vamos nos unir como DEUS abencou este cabinda

jutcnino  2011-03-06 12:02:34
so pra dizer que matar um inoncente um pecado Deus nao perdoa este pecado. bom matar aquele que se sabe que este guerilheiro nao civis que procuram a sua vida desarascando.lamento a morte de um civil e o tte que morreu como jurou para isto nao ha caso muito grave porque isto se nao acontecer nunca vamos dar conta que cabinda precisa paz

Muangole Puro  2011-01-25 21:03:12
NOS ANgOLANOS VAMOS CONTINUAR EM CABINDA PORQUE O PAIS SO UM AgORA O Z DEVE fazer mais pra elevar a qualidade de vida dos Angolanos de CABINDA.SE VOCES SAIREM OS FILhOS DO ZE Ladrao vai ficar pobre

Felix Buata  2011-01-18 18:05:30
A minha lamentaao deste processo de libertaao de Cabinda, e a serca das divisoes que continua a resistar no seio dos cabindas. diser que, cabinada para poder alcanar os seus objetivos, devem continuar de ser unidos como foi o povo de Israel quando o Moises libertou este povo.Afliao durou serca de 430 anos.

Dai veio a mao direita de Deus.


Ndombi  2010-11-23 16:47:47
Cabinda, uma terra muito linda mas o que estraga esta a nossa ganncia como natos e outros vindoros certos ontos do mundo porque ao chegar em cabinda ns demos-lho o assento depois disto este mesmo gaga-nos na testa, e no sobemos o porqu? para tal Deus deus nos uma terra linda muita mas muita riquza e ambisso muita aos pobres chefes desta terra, sendo assim tanto ao Zinta(FLEC)e ao Jos em que inclusiv foge a sua filha mesmo sabento que no deseja deichar cabinda por causa do caich. Lamentamos com isto a marte v da populao cabindsa, o portugal tambm culpado de

  2010-11-22 18:15:54
Apesar das divisoes,apesar da disconfiana que existe entre as duas FLEC'S os resistentes da FLEC tem de saber que lutam para um bem comum e que nao vale a pena tentar eliminarem se um para com outro,isto nao podera ajudar em nada.Os guerrilheiros tem de ter em conta que em primeiro lugar esta o povo de cabinda e de saberem de que lutam para um so mesmo objectivo que a liberdade do povo de cabinda e que so existe um unico imigo que o MPLA.

Mambo Ma Nzambi  2010-11-21 10:54:04
Cabinda,terra do nosso Senhor Deus que fes o seu e a terra,Eduado Dos Santos,
Nzita Tiago,encotraram Cabinda,nao nao nos matam atraves da vossa ganancia,nos seremos libertos nas maos das pessoas que usam armas.MLA JSA,ja matou muitos Cabinda,e outros estao preso.A FLEC ja matou bailundos que nao intende o caso cabinda.Ate quando vao deixar de matar os inocentes.O povo esta a reclamar com o comportamento do Senhor Jose Eduardo e do Senhor Tiago Nzita que esta escondido em priz.

Nos vamos entregar Cabinda nos Nort Amicanos durante 15 anos e depois emtrega Cabinda ao natos nos nao queremos cofuzao queremos trabalhar e construir a nossa terra.Nao queremos os gatunos de MPLA,TERRORISTAS,desordeiros,os malucos de beto benbe trafulheiros,candogueoros,com barigas gordas.Chega de matar as pessoas a vida e para viver more com palodismo e nao com tiro de arma.Ja nao queremos,MPLA FLEC,UNITA,FNLA, e outros candongueiros,vamos ipoticar esta merda oa Americano acabo.


Gege  2010-11-18 17:45:44
Viva Cabinda Independente desde 11 de Novembro 1975

PROVRBIOS
"Kupdi tmuka ko: Nti ava kamnina."
(Ningum pode arrancar: A rvore (adulta) que j tem razes.)
Outros
Relatrio da Mpalabanda 2005 (pdf)

Relatrio da Mpalabanda 2004 (pdf)

Entrevista de Dom Duarte ao IBINDA.COM
Cartoon
Hospedagem de Sites Low Cost Jornal Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor Leste Cabo VerdeMaputo Digital
Not�cias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais