Links teis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Internacional

Sacrificam rivalidades em prol da estabilidade

Guin-Bissau: Malam e Cadogo entram em 2011 de mos dadas

Luanda A Primeira Sesso do Conselho de Estado da Guin-Bissau, realizada no passado dia 28 de Dezembro poder vir a assumir-se como uma das mais importantes datas do calendrio guineense. Para o futuro, 28 de Dezembro ficar assinalado como o dia em que o Presidente da Repblica Malam Bacai e o Primeiro Ministro Carlos Gomes Jnior sacrificaram as suas rivalidades pessoais em favor da estabilidade e desenvolvimento futuro do pas.

Em dois dias seguidos, primeiro durante a sua presidncia aberta em Cachu, e ontem durante a reunio de Conselho de Estado, Malam Bacai deu as garantias que a Comunidade Internacional esperava h muito: O actual mandato de Carlos Gomes Jnior como Primeiro Ministro para cumprir at ao fim. Com estas declaraes, Malam deu sinais pblicos claros de que as cicatrizes abertas no Congresso do PAIGC de Gab em 2008, no qual foi batido na corrida presidncia por Carlos Gomes Jnior, comeam finalmente a sarar.

Na ltima semana, o acordo secreto alcanado entre Malam Bacai e Carlos Gomes Jnior teve como consequncias imediatas, por um lado, o afastamento de Sat Camar do Ministrio do Interior e a nomeao de Dinis na Fantchamena em sua substituio - permitindo ao Presidente manter as foras policiais e os servios de segurana na sua esfera de influncia, mas satisfazendo o desejo de afastamento da Ministra expresso por Cadogo. Por outro lado, foi acordada a libertao de Zamora Induta, medida h muito reclamada pela comunidade internacional como condio fundamental para a concretizao pelo Governo de Carlos Gomes Jnior das negociaes do perdo da dvida guineense e a retoma dos programas de cooperao internacional, fundamentais para a estabilidade social e credibilidade do pas.

Mais do que o acordo em si, o entendimento estabelecido entre as duas principais personalidades polticas abriu as portas estabilidade, algo escasso em Bissau durante os ltimos anos.

Se 2009 foi marcado pelos assassinatos de Nino Vieira, Tagme Na Waie, Hlder Proena e Baciro Dab, 2010 ficar para sempre associado ao levantamento militar de 01 de Abril. Nesse dia, o ento vice-CEMGFA Antnio Indjai (o qual poucos dias antes tinha assinado uma nota de culpa confessando a sua participao numa operao de narcotrfico em Cufar) liderou as tropas revoltosas e deu ordem de deteno ao Primeiro Ministro Carlos Gomes Jnior e a Zamora Induta, seu superior hierrquico. Carlos Gomes Jnior, fruto da presso internacional de imediato exercida, acabou libertado em poucas horas. J Zamora Induta, visto como algum que em liberdade poderia reunir em seu redor foras capazes de provocar um contra-golpe, foi transferido para a priso militar de Mansoa, a qual s abandonou a 24 de Dezembro, com notrias dificuldades de sade provocadas pelos meses de cativeiro.

O Golpe de Indjai, mais tarde coroado CEMGFA pelo prprio poder poltico que tinha tomado como refm, teve como principal consequncia o embarque da Guin-Bissau numa espiral de instabilidade poltico-militar. Rumores e ameaas constantes de novos Golpes e Contra-Golpes, o retorno ao rtulo de narco-Estado e a integrao de chefias militares nas listas internacionais de narcotraficantes, marcaram os meses seguintes da Guin. Muitas destas intentonas foram fomentadas por razes tnicas ou por defesa de interesses pessoais de personalidades polticas de segunda linha, que aproveitando as suas posies privilegiadas, sopravam aos ouvidos presidenciais polticas de terra queimada com o objectivo de terminar o que o 01 de Abril no tinha consigo obter, a queda do Executivo guineense.

Mas o Golpe de Indjai no teve apenas consequncias polticas. Em simultneo com a deteno de Zamora Induta, Antnio Indjai libertou Bubo Na Tchuto, o chefe militar exilado nas instalaes da ONU em Bissau que dois anos antes tinha liderado uma tentativa de Golpe de Estado contra Nino Vieira. Aps a libertao, Bubo Na Tchuto foi inicialmente rotulado pelos EUA como narcotraficante (a par de Papa Camar, o chefe da Fora Area guineense), posteriormente ilibado das acusaes de Golpe de Estado pelo Tribunal Militar e finalmente nomeado Chefe de Estado Maior da Armada. Apesar do coro de protestos internacionais, a reintegrao militar de Bubo foi apadrinhada pelo silncio refm da classe poltica e de Antnio Indjai, j ento CEMGFA mas sem qualquer capacidade para se impor como autoridade mxima aos homens sob o seu comando.

A pacificao poltica agora atingida entre o Presidente Malam e Carlos Gomes Jnior indicia que as duas personalidades polticas tero concludo que s trabalhando em conjunto podero fazer face ameaa latente de desestabilizao da dupla Bubo-Indjai. Bubo Na Tchuto, o eterno nmero 2, no pretender continuar a ser ultrapassado por militares nos quais no rev quaisquer capacidades de liderana operacional militar. O seu desafio de 2011 ser o de recuperar a sade financeira perdida durante os anos de exlio e conseguir por meios aceites pela comunidade internacional o lugar de CEMGFA que reclama como herdeiro. Indjai ter pela frente o desafio de estabilizar o descontentamento das foras armadas guineenses e pr finalmente em prtica o plano de reforma de segurana e defesa, essencial para o efectivo funcionamento democrtico do pas.

Estabilizada politicamente, a Guin-Bissau ter em 2011 um ano decisivo. O Presidente Malam e o Primeiro Ministro enterraram o machado da guerra em prol do desenvolvimento do pas e com isso podero ganhar definitivamente o apoio da Comunidade Internacional. dupla Bubo e Indjai, encurralada pelo poder democrtico e pela presso externa, resta dar os passos seguintes de um processo de reforma das Foras Armadas, hoje em causa pelos constantes retrocessos e por dcadas de oportunidades perdidas.

Rodrigo Nunes
rodrigo.nunes@pnn.pt

(c) PNN Portuguese News Network

2010-12-30 12:14:09

MAIS ARTIGOS...
  Guiné-Bissau: Democracia africana deve ser encarada como uma oportunidade para o desenvolvimento
  Iémen: 26 mortos em atentado num casamento
  Parlamento grego dá voto de confiança a Tsipras
  Svetlana Alexievich distinguida com o prémio Nobel da Literatura
  Antigo presidente da assembleia-geral da ONU detido por suspeitas de suborno
  Prémio Nobel da Química para Tomas Lindahl, Paul Modrich e Aziz Sancar
  Guiné-Bissau: Presidente não quer Simões Pereira nem os ministros demitidos no novo Governo
  Rapaz de onze anos mata vizinha de oito por causa de um cão
  Guiné-Bissau: Denunciada suposta tentativa de detenção de Domingos Simões Pereira
  Síria: Estado Islâmico explode Arco do Triunfo de Palmyra
  Grécia: Corpos de duas crianças dão à costa na ilha de Kos
  Guiné-Bissau: Carlos Correia entrega a proposta de novo elenco governamental

Comentrios

Nome:

E-mail:

Comentrio:


PROVRBIOS
"Kupdi tmuka ko: Nti ava kamnina."
(Ningum pode arrancar: A rvore (adulta) que j tem razes.)
Outros
Relatrio da Mpalabanda 2005 (pdf)

Relatrio da Mpalabanda 2004 (pdf)

Entrevista de Dom Duarte ao IBINDA.COM
Cartoon
Hospedagem de Sites Low Cost Jornal Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor Leste Cabo VerdeMaputo Digital
Not�cias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais